• Boeing apresenta o futuro do setor aeroespacial com sucesso na Farnborough Airshow

    • Pedidos de vários bilhões de dólares reservados para aeronaves e serviços comerciais e de defesa
    • Apresentação conjunta da parceria com a Embraer
    • Lançamento da futura incubadora de viagens e transporte Boeing NeXt
    • Divulgação da Previsão de Mercado Comercial (CMO) de 2018 para viagens aéreas comerciais e de carga
    • Empresa aumentou seu investimento em em Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM) na Europa

    FARNBOROUGH, Reino Unido,  19 de julho de 2018 - A Boeing fortaleceu sua liderança global na indústria aeroespacial com sua participação bem-sucedida durante a Farnborough International Airshow, anunciando US$ 2.1 bilhões em encomendas e compromissos para produtos e serviços comerciais e de defesa, e apresentando sua inovação 'One Boeing' e estratégia para o crescimento.

    A feira marcou o lançamento de uma nova campanha de marca, “The Future is Built Here” (“O Futuro é Construído Aqui”), destacada por uma exposição dinâmica que inclui exibições de realidade virtual e aumentada que levam visitantes em tours interativos de produtos comerciais, de serviços e defesa da Boeing, bem como seu Portfólio de Futuro.

    Além disso, os líderes da Boeing e da Embraer realizaram sua primeira coletiva de imprensa juntos desde o anúncio dos planos para uma parceria estratégica. O Presidente, Chairman e CEO da Boeing Dennis Muilenburg, o Diretor Financeiro e Vice-Presidente Executivo de Desempenho e Estratégia Empresarial da Boeing, Greg Smith, e o Presidente e CEO da Embraer Paulo César de Souza e Silva apresentaram detalhes da parceria proposta, que inclui negócios em aviões comerciais e serviços de ciclo de vida, bem como em defesa.

    Durante a feira, a Boeing lançou a Boeing NeXt, uma unidade incubadora para futuras soluções de mobilidade comercial que definirão o novo mundo de viagens e transporte. A Boeing NeXt aproveitará as atividades de pesquisa e desenvolvimento da empresa e os investimentos em áreas como voo autônomo, cidades inteligentes e propulsão avançada, abordando os desafios de transporte do futuro com a circulação de pessoas e mercadorias com tecnologia comprovada. A Boeing também anunciou sua colaboração com a empresa de inteligência artificial SparkCognition para fornecer soluções de gerenciamento de tráfego de sistemas de aeronaves não tripuladas (UTM, sigla em inglês).

    Os clientes anunciaram pedidos e compromissos durante a semana para mais de 500 aviões da Boeing, avaliados em US$ 11 bilhões a preços de tabela, conforme detalhado abaixo. Em relação aos serviços da empresa, a Boeing anunciou pedidos e contratos de até US$2,1 bilhões   para clientes comerciais e governamentais, incluindo Atlas Air, Emirates, EVA Airways, Hawaiian Airlines, Malindo Air, Okay Airlines, Primera Air, Força Aérea da Holanda, Força Aérea dos EUA, WestJet e Xiamen Airlines.

    Na feira, a Boeing também divulgou sua Previsão de Mercado Comercial (CMO) de 2018, elevando sua perspectiva de 20 anos para US$ 15 trilhões na área de Aeronaves Comerciais e Serviços. A previsão para o mercado global é de quase 43 mil novos aviões, avaliados em US$ 6,3 trilhões, com demanda em serviços comerciais até 2038. A força do mercado de carga foi ressaltada por mais de 50 pedidos e compromissos de carga na feira.

    O Boeing 737 MAX 7 e o Biman Bangladesh 787-8 foram as estrelas de uma exibição aérea diária, enquanto o Air Italy 737 MAX 8, o Qatar Airways 777-300ER, o CargoLogicAir e o Qatar Airways 747-8 Freighters foram apresentados na exposição estática. O Departamento de Defesa dos EUA exibiu o helicóptero de ataque AH-64 Apache, o helicóptero de transporte pesado CH-47 Chinook e o F-15E Strike Eagle.

    A Boeing também destacou seu compromisso com os futuros inovadores aeroespaciais, com um investimento de US$5 milhões na Newton Europe  para lançar educação em Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM, sigla em inglês ), com "Newton Rooms" em nove países europeus.

    Sobre a Boeing

    A Boeing é a maior empresa aeroespacial do mundo e líder na fabricação de jatos comerciais, sistemas de defesa, espaço e segurança. Como a maior exportadora de produtos manufaturadas dos Estados Unidos, a empresa oferece suporte para clientes -companhias aéreas e governos aliados - em mais de 150 países. Os produtos e os serviços sob medida da Boeing incluem aeronaves comerciais e militares, satélites, armas, sistemas eletrônicos e de defesa, sistemas de lançamento, sistemas avançados de informação e comunicação, logística e treinamento baseados em desempenho. Com escritórios corporativos em Chicago, a Boeing emprega mais de 140.000 pessoas nos Estados Unidos e em mais de 65 países. Isso representa uma das mais diversificadas, talentosas e inovadoras forças de trabalho em qualquer lugar. Nossa empresa também aproveita os talentos de centenas de milhares de pessoas mais qualificadas que trabalham para fornecedores da Boeing em todo o mundo.