• Competição internacional tornará o transporte aéreo pessoal uma realidade

    Com premiação de até USD 2 milhões, GoFly Prize incentiva desenvolvimento de dispositivos de voo pessoal

    São Paulo,  26 de Setembro de 2017 - Uma nova competição deixará os seres humanos mais próximos de viabilizar o desenvolvimento de dispositivos pessoais de voo. Realizada pela companhia GoFly com patrocínio da Boeing, a competição GoFly Prize reunirá projetos de equipes de todo o mundo. Elas terão o desafio de utilizar os recentes avanços da indústria aeroespacial nas áreas de propulsão, energia, materiais leves e sistemas de controle e estabilidade para criar tecnologias capazes de tornar o transporte aéreo pessoal realidade. A competição foi lançada hoje durante o Congresso e Feira AeroTech SAE 2017, uma das principais conferências de tecnologia e engenharia da indústria aeroespacial, realizada nos Estados Unidos.

    Os projetos serão executados no decorrer de dois anos, sendo que às equipes mais inovadoras serão concedidos prêmios que, somados, chegam a USD 2 milhões. Como ponto central, a competição incentivará a criação de dispositivos de voo pessoal que possam ser utilizados por qualquer pessoa, em qualquer lugar. Além de seguros, deverão ser ultracompactos, silenciosos, adequados ao ambiente urbano, com decolagem e pouso possível na vertical ou em ângulo próximo e capazes de transportar uma pessoa por cerca de 30 quilômetros sem a necessidade de reabastecimento ou recarga. Para respaldar o desenvolvimento dos projetos, as equipes terão acesso a mentores e mestres experientes em design, engenharia, finanças, direito e marketing. O design e a funcionalidade dos projetos finais, contudo, ficarão por conta da imaginação dos participantes.

    “Talvez não haja um sonho mais universal do que o sonho do voo humano. A GoFly vai transformar esse sonho em realidade”, disse Gwen Lighter, CEO do GloFly Prize. “A GoFly oferece soluções inovadoras para expandir o desejo de explorar o desconhecido e nos impulsionar a patamares. Hoje, nós olhamos para o céu e dizemos ‘olhe aquele avião voando’, mas em dois anos vamos olhar e dizer ’olhe aquela pessoa voando’”.

    Opinião similar é partilhada por Gred Hyslop, diretor de tecnologia da Boeing. “A competição GoFly Prize está alinhada aos objetivos da Boeing de inspirar pessoas em todo o mundo e permitir transformações por meio da inovação aeroespacial. Estamos ansiosos para ver como os visionários do futuro irão encarar esse desafio”.

    Os prêmios da competição serão concedidos em três fases: a Fase I incluirá dez prêmios de USD 20 mil, concedidos com base em especificações técnicas por escrito; A Fase II incluirá quatro prêmios de USD 50 mil atribuídos às equipes com os melhores protótipos e materiais revisados da Fase I; finalmente, a Fase III irá revelar o vencedor final, premiado durante o Final Fly-Off, a ser realizado no segundo semestre de 2019. O Final Fly-Off será julgado por uma equipe de especialistas da Boeing e outras organizações importantes.

    As equipes terão a oportunidade de competir por prêmios adicionais durante o Final Fly-Off, incluindo um prêmio de USD 100 mil concedido com base em avanços disruptivos para tecnologias de última geração, um prêmio de USD 250 mil para o projeto mais silencioso e um prêmio de USD 250 mil para o projeto de menor tamanho. O grande vencedor receberá USD 1 milhão pela melhor pontuação geral no Fly-Off, calculada pela medição de velocidade, ruído e tamanho.

    Pessoas com diferentes formações poderão participar da competição, incluindo amadores, acadêmicos, engenheiros e estudantes. O prazo de inscrição para a primeira fase é 4 de abril de 2018, seguido de um prazo de inscrição para a segunda fase que se estenderá até 8 de dezembro de 2018. Para mais informações sobre o GoFly Prize, ou para se inscrever na competição, visite http://www.goflyprize.com.